SUBCOBERTURA 2 FACES ALUMINIZADA 50M² PREMIUM COBERHOUSE 1,20x41,67M RL01UN

  • Marca: COBERHOUSE
  • Modelo: IMP108
  • Disponibilidade: Esgotado

Estimar frete

DESCRIÇÃO: A manta térmica PREMIUM 02 FACES DA COBERHOUSE é composta por uma malha de reforço central com fios trançados de polietileno em alta densidade e folhas de alumínio com 99% de pureza em ambas as faces. Em sua laminação, possui um filme termo soldado em polietileno entre suas camadas que proporciona maior resistência e suprime componentes passíveis de deterioração.

Um produto que não atrai insetos, reduz a entrada de poeira no telhado, de fácil manuseio e resistente a fungos e bolor. A subcobertura PREMIUM 02 FACES DA COBERHOUSE atende a classificação CLASSE A da norma dos Bombeiros para Construções - (IT10 - Propagação de Fogo e Fumaça) através do método de ensaio descrito na norma técnica ABNT NBR 9442 e à ABNT NBR 15567 de fabricação.

UTILIZAÇÃO: A subcobertura é utilizada na construção ou reforma de telhados em obras de pequeno e grande porte sejam elas residenciais ou comerciais. O principal benefício é o da geração de conforto térmico (calor e frio), função muito bem desempenhada pela PREMIUM 02 Faces e o de antigoteiras.

Na execução de novos telhados, ocorrendo problemas como, pequenos vazamentos e infiltrações devido à telha quebrada, mal encaixada ou mesmo falhas no projeto de execução, o uso da subcobertura fará a função de antigoteiras levando para fora toda água infiltrada no telhado, evitando o comprometimento precoce da madeira, bem como, a proliferação de mofo e bolor ao longo do tempo.

Em casos onde estruturas são feitas em aço, prolonga em muito a vida útil, evitando pontos de corrosão ocasionados pela infiltração.

Em regiões muito quentes ou em telhado com pouca circulação de ar, o aquecimento proporcionado pela telha pode ser diminuído significativamente com o uso da subcobertura, pois a eficiência térmica proporcionada pelo alumínio (95% de refletividade e apenas 5% de emissividade) reduz o efeito da transmissão de calor pela radiação, o que, vale dizer, é algo em torno de -5°C*¹ na temperatura ambiente interna da construção quando utilizado subcobertura de 02 faces.

Nos telhados em reforma, a utilização da subcobertura, além dos benefícios já citados, reduz significativamente o custo com a manutenção da estrutura, evitando muitas vezes grandes investimentos para uma reforma correta, gerando o mesmo conforto e tranquilidade dos telhados novos.

A SUBCOBERTURA DA COBERHOUSE pode ser utilizada praticamente com todos os tipos de telhas, sejam elas de cerâmica, cimento, esmaltadas ou similares.

*¹ - redução da temperatura ambiente pode ser maior dependendo da configuração da construção a ser aplicada.

APLICAÇÃO - Estrutura de Madeira: Telhados construídos em estrutura de madeira são tradicionalmente compostos por vigas e/ou tesouras, terças e caibros. Sendo assim, com a estrutura pronta, inicie a instalação por um dos beirais e desenrole a subcobertura no sentido perpendicular aos caibros, dobrando 03 vezes a extremidade da subcobertura na largura do caibro para iniciar a instalação e dar maior resistência, fixando-a com pregos ou grampos. Mantenha-a levemente esticada de forma com que, entre os caibros, fique com uma pequena depressão, permitindo assim, escoamento natural de água para fora do telhado em eventuais infiltrações.

Instalado o 1º rolo, do 2º ao último rolo instalado deverá obrigatoriamente ter uma sobreposição de 10 cm por toda a extensão na horizontal e vertical, obedecendo a colocação no sentido de baixo para cima do telhado e com a fita metalizada devidamente aplicada em todas as emendas, recortes e acabamentos. Para certificar-se que o produto foi instalado corretamente, a parte visualizada por cima deve ser a acetinada e, a brilhante, visualizada por baixo.

O próximo passo é a instalação dos contra caibros por sobre a subcobertura no mesmo sentido dos caibros aumentando a distância entre a telha e a subcobertura, o que proporciona uma maior eficiência térmica contra a radiação emitida pela telha e um perfeito escoamento de água em possíveis infiltrações. Os contra caibros podem ser peças idênticas as da ripa ou em outros produtos específicos para esta finalidade. Agora seu telhado está quase pronto!

Para a instalação dos acabamentos das telhas requer detalhes muito simples, porém com algumas observações importantes. Na faixa da cumeeira, a subcobertura deverá ser instalada após a chegada das laterais (telhado de 03 ou 04 águas) sobrepondo uma sobre a outra, para que exerça a correta função de antigoteiras. O mesmo critério deverá ser feito na água-furtada, também com sobras nas duas ocasiões de no mínimo 30 cm e, nestes casos, é imprescindível a utilização das fitas metalizadas de emenda.

A correta estanqueidade do telhado mantém vedada todas as sobreposições da subcobertura principalmente em relação ao retorno de água, muito ocasionado pelas chuvas de vento. É aí que está o principal benefício da função antigoteiras. A correta instalação nos beirais também é outro fator importante a ser considerado, pois a função de antigoteiras da subcobertura será completa e conduzirá toda a água infiltrada para fora do telhado através dos rufos ou da calha se tiver sido instalada!

Estrutura Metálica & LSF: Os telhados construídos com estrutura metálica em sua maioria são cobertos com telhas metálicas, fibrocimento e alumínio com estruturas planas de 01 ou 02 águas ou em arco.  Em obras com telhados novos, a instalação da subcobertura com telhas onduladas ou trapezoidais e em vãos menores que 8 metros, deve-se fixar entre as tesouras e sobre as terças com arame galvanizado nº 16 a uma distância de 30cm entre eles.

Inicie a instalação por um dos beirais e desenrole a bobina no sentido perpendicular às tesouras ou vigas sempre de baixo para cima mantendo uma sobreposição de 10cm por toda a extensão na horizontal e vertical e vedando com fita metalizada de emenda. A instalação do último rolo próximo à linha da cumeeira deve transpassar em pelo menos 30 cm, devendo repetir o mesmo procedimento em ambas as águas do telhado quando esta for de 02 águas e apenas um único transpasse quando for de 01 água. Estruturas em arco seguem o mesmo procedimento de fixação dos arames e instalação da subcobertura.

Telhados em que as telhas já estão instaladas também terão os mesmos procedimentos: fixação com arame galvanizado nº16 entre as tesouras ou vigas (só que desta vez sob as terças), mantendo a distância padrão de 30cm entre eles. Neste caso, a subcobertura ficará instalada logo abaixo às terças diferente dos telhados novos em que a subcobertura fica por cima da tesoura.

A instalação da subcobertura tipo forro, situação em que não acompanha a inclinação do telhado e sim a posição horizontal, também pode ser executada nos mesmos procedimentos de fixação com arame galvanizado nº16 a distância padrão de 30cm entre eles, porém a execução correta deverá ser melhor avaliada pelo engenheiro da obra ou profissional indicado para execução. Esse tipo de instalação exige uma fixação central no sentido das terças com um ponto mais alto que o nível das fixações laterais ou que uma das laterais esteja com seu ponto de fixação acima em relação ao outro lado, pois, caso haja alguma infiltração, será direcionada para uma das paredes laterais que tiver a caída.

Para telhados residenciais construídos em estrutura metálica convencional ou LSF (Light Steel Frame) e que utilizem telhas do tipo cerâmicas, concreto, esmaltadas ou similares o procedimento é o mesmo das de madeira, alterando apenas a forma de fixação com autobrocantes.

VANTAGENS:

  • Ideal para grandes e pequenas obras
  • Atende a norma IT-10 ABNT NBR 9442 dos Bombeiros
  • Excelente performance térmica (até -5°C ambiente)
  • Eficiente como antigoteiras
  • Mantém forro mais limpo
  • Não atrai insetos
  • Resistente a fungos e bolor
  • Maior durabilidade
  • Atende a norma de fabricação ABNT NBR 15567

Avalie este produto

    Ruim           Ótimo